Motoristas de aplicativos realizam ato e cobram mais segurança

Segundo estimativa da categoria, atualmente existem mais de 4 mil motoristas de aplicativos na capital acreana.

Os últimos casos de violência envolvendo esses profissionais, inclusive com o assassinato de Alberto Silva, que foi encontrado morto no último sábado, 3, com as mãos amarradas e sem vestimentas com um tiro na cabeça, levaram a uma manifestação na manhã desta quarta-feira, 7, no Centro de Rio Branco.

Os motoristas estacionaram os carros próximo ao Palácio Rio Branco e cobravam mais segurança para os profissionais na capital acreana.

Nos discursos, muitas críticas ao governo. Em um deles, um pastor, identificado apenas como Thiago, que era líder religioso do motorista assinado fez um duro discurso cobrando mais policiamento nas ruas de Rio Branco.

Ainda não manhã desta quarta, representantes dos motoristas se reúnem com a cúpula da Secretaria de Segurança Pública.

Rodrigo Vale, presidente da associação de motoristas de aplicativo, afirma que a categoria clama por segurança. “Tivemos esse assassinato brutal de um colega de trabalho e só queremos segurança para poder trabalhar e sustentar nossas famílias”.

Ac24Horas

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0
WhatsApp chat