TARAUACÁ: Tentativa de homicídios, trafico de drogas e corrupção de menores movimentam final de semana

A onda de violência no município de Tarauacá vem crescendo gradativamente. Na noite da última quinta-feira um jovem, Cairo Araújo de Souza, um garoto de 17 anos foi assassinado com dois tiros de escopetas, na Travessa Gonçalo Rodrigues , Bairro do Corcovado. Ontem sexta-feira (01) foi registrado pela Policia Militar Duas tentativas de homicídio, uma na zona urbana e outra na zona rural. 

Tentativa de Homicídio 1 

 

Na rua Lauriete Borges, Bairro do Triângulo por volta de 20:15 h, o menor P.S.P.S, 16 anos, invadiu a residência de Gildo F. de Souza e desferiu-lhe um tiro de escopeta atingindo o ombro da vítima que foi socorrido pelo SAMU e levado ao hospital.  A polícia fez buscas, porém, não conseguiu ainda localizar o autor da tentativa de homicídio.

Tentativa de Homicídio 2

Mais tarde, no Ramal do Cachoeira, BR 364, destino Feijó, os irmãos Alisson Freire Silva de 20 anos e Antônio José Freire da Silva (Chupreguinha) 22 anos, estavam numa bebedeira e após um desentendimento, chupreguinha tentou contra a vida Alisson deferindo-lhe várias peixeiradas. Socorrida por moradores a vítima foi atendida e se recupera no hospital. A polícia está em busca de prender o acusado.

 

Tráfico de Drogas e corrupção de menores

No último dia 30 de novembro, a policia recebeu uma denuncia que havia grande movimentação, especialmente de jovens em motos e carros numa residência na Avenida Tancredo Neves e que provavelmente ali seria uma “boca de fumo”. De imediado policiais se deslocaram até o local e encontraram vários jovens maiores e menores que estariam comprando e outras consumindo drogas.

Uma busca rápida no local a polícia apreendeu cocaína e um vaso utilizado para cultivo de um pé de maconha. Na residência da senhora Jucilene Rodrigues, 35 anos estavam os jovens, João Lima, 18 anos, M.S.F, 16 anos, T.R.S.,17 anos, José A. V. Neto, 21 anos. Todos foram levados à delegacia para explicar ao delegado o grau de envolvimento dos mesmos no tráfico e no consumo de drogas. 

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0
WhatsApp chat