Governo honra compromisso e paga VDP aos trabalhadores da Educação

  O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), honra, mais uma vez, o compromisso com os trabalhadores. Nesta

Pagamento de dezembro e 13° dos servidores públicos do Acre é incerto, afirma assessoria
Primeira-dama defende professor acusado de racismo e diz que pensa em se fantasiar de “Nega Maluca”
TARAUACÁ: Presídio Moacir Prado de onde fugiram 20 detentos tem déficit de mais de 300 vagas
 
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), honra, mais uma vez, o compromisso com os trabalhadores. Nesta quarta-feira, 31, foi realizado o pagamento do prêmio de Valorização de Desempenho Profissional (VDP) para quase 5 mil servidores efetivos.
 
São mais R$ 9 milhões que o governador Gladson Cameli pagou aos servidores somente esta semana. Além dos efetivos, os provisórios também irão receber a gratificação. Para isso, eles devem se dirigir até à sede da própria Secretaria a fim de apresentar a documentação necessária.
 
De acordo com a chefe do Departamento de Pessoas, Marta Liane, o pagamento aos servidores efetivos está dentro do primeiro lote. “No segundo lote serão contemplados os trabalhadores provisórios e os temporários que fazem jus ao benefício”, explicou.
Em menos de uma semana, o governo do Estado colocou em circulação mais de R$ 350 milhões. Juntam-se ao pagamento da VDP dos servidores da Educação, o pagamento do salário de julho (antecipado), a metade do décimo terceiro dos mais de 30 mil servidores do Estado e o pagamento de mais uma parcela do décimo do ano passado, pendência deixada pelo governo anterior.
Para o secretário em exercício da SEE, professor Márcio Mourão, o pagamento da VDP é um reconhecimento do “árduo trabalho” que é realizado pelos professores e pelos servidores da Educação. “É uma forma que temos de reconhecer o excelente trabalho dsses profissionais, que além de serem grandes parceiros da Educação, não medem esforços pela melhoria da qualidade de ensino”, afirmou.
 
(Agência/Acre)

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0