Morre aos 90 anos na capital, Pedro Augusto da Silva, pai da ex-senadora Marina Silva

Pedro Augusto da Silva, pai da ex-senadora Marina Silva, faleceu neste domingo (14), às 18 horas, no Hospital do Idoso, em Rio Branco, aos 90 anos.

Mais de 10 mil candidatos farão concurso da Sesacre no domingo
Em Rio Branco, 147 servidores podem ter pagamento suspenso se não fizeram recadastramento
Pagamento de dezembro e 13° dos servidores públicos do Acre é incerto, afirma assessoria

Pedro Augusto da Silva, pai da ex-senadora Marina Silva, faleceu neste domingo (14), às 18 horas, no Hospital do Idoso, em Rio Branco, aos 90 anos.

Seu Pedro estava com a saúde abalada nos últimos dois anos. Diabético, fazia hemodiálise e sofria de insuficiência cardíaca. Era cearense e veio para o Acre como Soldado da Borracha, onde casou com a cearense Maria Augusta da Silva. Tiveram 11 filhos, dos quais três morreram.

Ficou viúvo em 1974, quando Marina tinha 15 anos. Ele não casou novamente e se dedicou a criar as sete filhas e um filho. Marina não costumava tomar nenhuma decisão política importante sem antes conversar com seu Pedro.

O velório de Pedro Augusto será na Capela São Francisco, na rua Isaura Parente a partir das 23h. Marina Silva está em Rio Branco há quase uma semana. O quadro de saúde do pai dela fez com que viesse pela segunda vez em menos de um mês para acompanhá-lo.

 

Texto e foto de Altino Machado

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0