No interior; Hospital Dr. Sansão Gomes não dispõe de ambulância e Polícia Militar é quem socorre população

No interior; Hospital Dr. Sansão Gomes não dispõe de ambulância e Polícia Militar é quem socorre população

A Saúde Pública no Estado do Acre não está a mil maravilhas, porém, agrava-se ainda mais no interior, onde as unidades hospitalares são desprovidas, muitas vezes, de profissionais especializados; medicação e não conseguem dar conta das demandas .

Segundo  Leitor do ACMANCHETE, o hospital do município de Tarauacá tem poucas condições para receber os doentes. Faltam medicamentos e só atendem “Emergência simples”.  Para piorar a situação quando se precisa dos serviços da SAMU, este  quase inexistente. “Isso quando você consegue completar uma ligação de emergência”, diz leitor.

No último final de semana, o hospital estava desprovido de ambulância, o carro do Corpo de Bombeiros estava esculhambado — e quem teve algum problema de saúde teve que recorrer à Polícia Militar do município.  Praticamente quase todas às ocorrências em que pessoas precisaram ir ao hospital local, foram realizadas pela PM — a maioria das ocorrências antedidas no ultimo final de semana foram realizadas por Agentes de Segurança Pública.

Em Tarauacá a Polícia Militar tem sido considerado pela população , como uma das instituições mais ativas;

“Muitas vezes a PM realiza o trabalho da SAMU, investigações e realiza seu próprio trabalho na ação de prevenção e repressão ao crime”, acrescenta o leitor.

“Precisamos que nossas autoridades se manifestem, as pessoas humildes são as que mais têm dificuldades ao acesso aos serviços de saúde. Pagam seus impostos, e quando precisa dos serviços básicos do Estado, estes deixam há desejar”, finalizou o leitor.

Para completar está prevista uma paralisação dos servidores da Saúde do Acre que irão deflagrar greve geral em todas as unidades de saúde do estado a partir desta terça feira, 2 de abril. A informação é do representante do Sintesac em Tarauacá, Janduir Almeida. A partir desta data, apenas serviços de emergência serão realizamos, e os trabalhadores serão mantidos em 30% do efetivo de pessoal.

Até o fechamento desta matéria, nossa redação não conseguiu contato com a direção do Hospital Dr. Sansão Gomes. Logo fica o contato para , caso a direção queira expor sua versão!

[email protected]

(68) 992386845

Por: J.Gomes para o Acmanchete.

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0
WhatsApp chat