Depois de romper com Gladson, cúpula do PMDB se reúne com Ulisses

Depois de romper com Gladson, cúpula do PMDB se reúne com Ulisses

O coronel Ulisses receberá os dirigentes do PMDB na manhã desta sexta-feira, em Rio Branco. A reunião foi confirmada, mas o local não foi revelado. O

Gladson faz pouco caso de áudio de Bittar e pede mais união e menos picuinhas dentro da oposição
Mesmo condenado e proibido de assumir cargo público, Vagner Sales é nomeado por Gladson Cameli
Direitos das pessoas com câncer devem ser divulgadas em sites de órgão públicos no Acre; Projeto de Lei é de autoria do Deputado Jesus Sérgio

O coronel Ulisses receberá os dirigentes do PMDB na manhã desta sexta-feira, em Rio Branco. A reunião foi confirmada, mas o local não foi revelado. O militar, por telefone, disse apenas que foi procurado, mas só irá se manifestar após ouvir o que os peemedebistas teriam a dizer.

Dois dirigentes disseram à reportagem que a legenda do deputado federal Flaviano Melo pode lançar candidatura própria ao governo. Questionado se abriria mão da cabeça da chapa, o coronel Ulisses reafirmou: não sei ainda o que eles têm a me dizer. A nossa pré-candidatura está firme. Qualquer composição deve ser com pessoas de nossa inteira confiança”.

O PMDB decidiu romper com Gladson após o encontro do senador acreano com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, nesta quinta-feira. A jornalista Mara Rocha, cotada para vice ou para a segunda vaga de senador pela oposição, estava em Brasília e foi bastante festejada pelos tucanos da executiva nacional.

Mara Rocha é, hoje, a única mulher pré-candidata a senadora pelo PSDB em todo o país. O irmão dela, o deputado federal Major Rocha, terá a incubência de indicar o vice de Gladson. Nesta configuração, aumentam as chances de o médico Eduardo Velloso ser confirmado para a vaga.

 

Acjornal.com

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0