IMPRESSA BRASILEIRA É A MAIOR PROPAGADORA DA NÃO INTERVENÇÃO E DIVIDE OPINIÕES NAS REDES SOCIAIS

IMPRESSA BRASILEIRA É A MAIOR PROPAGADORA DA NÃO INTERVENÇÃO E DIVIDE OPINIÕES NAS REDES SOCIAIS

Desde que o Presidente da República, Michel Temer, anunciou na última sexta-feira (16) a intervenção federal na área da Segurança Pública no Rio de Janeiro, os brasileiros vem dividindo opiniões.

Nas Redes Sociais como o twitter, não se comentam outro assunto.  Pessoas que são totalmente a favor veem a medida do presidente como a única a ser feita para conter a onda de violência no RJ. 

Quem lê os jornais diariamente já deve ter percebido que a mídia brasileira, principalmente, os jornais de grandes acessos no Brasil, parece deixar claro que são totalmente contra a medida do presidente e isso fica evidente a cada matéria que saem nesses veículos de comunicação.

Líderes de partidos políticos não ficam de fora dos opositores da “Segurança Pública”. Por exemplo: Membros de partidos políticos como o do PSOL entrou com um mandato de segurança para barrar os Mandatos de Busca e Apreensão coletivas, além dos partidos Comunistas, Petistas e todos os partidos denominados esquerdas que se posicionam contra a intervenção. E não esquecendo a própria Ordem dos Advogados do RJ que busca intervir nessa questão no STF.  

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0
WhatsApp chat