Número de homicídios já ultrapassa 50 em 2018; vítimas são mortas com armas de uso restrito da polícia

Após mais quatro assassinatos nas últimas horas em três regiões da capital Rio Branco, o númuero de homicídios no estado já ultrapassa 50 nos primeiros 33 dias do ano de 2018. A informação é do delegado de Polícia Civil, Rêmulo Diniz.

Rêmulo concedeu entrevista à imprensa na manhã desta sexta-feira (2) para falar da onda de execuções que terminou com quatro pessoas assassinadas durante a madrugada de hoje.

Segundo o delegado, as investigações preliminares apontam para a continuação do enfrentamento entre membros de facções criminosas pelo controle do tráfico de drogas no estado do Acre, porta de entrada de entorpecente de países vizinhos como a Bolívia e Peru.

Rêmulo também confirmou o aumento do número de assassinatos usando armas de uso restrito da polícia acriana. “Foi uma madrugada fatídica. É uma evolução natural, que o crime use armas cada vez mais sofisticadas”, afirmou, ressaltando a facilidade na aquisição das armas por estarem em região de fronteira.”, afirmou.

 

A Folha do Acre.

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS: 0
DISQUS: 0
WhatsApp chat